Horário de Atendimento:

8:00h - 20:00h

  • pt-br

Telefone:

Apneia do Sono – Saiba Mais

Novidades NOSP - Acompanhe

Apneia do Sono
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp

A presença de 15 ou mais eventos respiratórios obstrutivos por hora, mesmo na ausência de outros sintomas, como episódios de sono não intencionais durante a vigília, sonolência diurna excessiva, sono não reparador, fadiga ou insônia, também é suficiente para o diagnóstico da apneia obstrutiva do sono, ou como é conhecida, a apneia do sono.

Nesse caso, há uma maior associação da gravidade da obstrução com importantes consequências, como aumento do risco de eventos cardiovasculares, até mesmo como um AVC. Quer saber mais sobre a apneia do sono e suas consequências? Fique conosco neste artigo, pois vamos esclarecer alguns fatores sobre esta doença agora.

O que é Apneia do Sono?

A apneia do sono é um distúrbio do sono potencialmente grave. As pessoas que não são tratadas param de respirar repetidamente durante o sono. Isso pode levar o cérebro e o resto do corpo a não receber oxigênio suficiente. O que, por sua vez, pode levar a derrame, insuficiência cardíaca, diabetes, depressão e dores de cabeça graves.

Complicações no Sistema Circulatório

A apneia do sono também compromete o sistema circulatório. Quando o cérebro percebe a falta de oxigênio, causada pela ausência de respiração, promove uma liberação de adrenalina, e a pessoa acorda para respirar. Nesse processo, a pressão arterial sobe e o coração dispara.

Esse paciente pode desenvolver arritmia cardíaca, e o coração passa a ter maior propensão de falhar. Além disso, diversos estudos estão evidenciando a apneia do sono como um fator de risco para o acidente vascular cerebral.

Apneia do Sono em Mulheres

Vários estudos populacionais têm mostrado que a apneia do sono é mais comum em homens do que em mulheres, e essa diferença é frequentemente evidenciada no cenário clínico.

Acredita-se que as diferenças em relação à distribuição da gordura corporal, comprimento e colapsabilidade da via aérea superior e hormônios sexuais, entre outros fatores, contribuam para a disparidade da prevalência entre os gêneros.

No entanto, essa disparidade entre os gêneros também pode ser o fato de que as mulheres não mostram a sintomatologia “clássica” da apneia do sono e, dessa maneira, podem permanecer subdiagnosticadas.

Ronco e Apneia do Sono

Um dos sintomas clássicos da apneia do sono é o ronco. Porém, muitas pessoas ainda acreditam que roncar é normal. Saiba mais sobre o assunto, lendo o artigo: “Roncar é normal?”.

Quase todo mundo ronca ocasionalmente, e geralmente não é algo para se preocupar. O ronco acontece quando você não consegue mover o ar livremente pelo nariz e pela garganta durante o sono. Isso faz com que os tecidos circundantes vibrem, o que produz o som familiar do ronco. As pessoas que roncam geralmente têm muita garganta e tecido nasal ou tecido “flexível” que é mais propenso a vibrar. A posição da sua língua também pode atrapalhar a respiração suave.

Se você ronca regularmente à noite, pode atrapalhar a qualidade do seu sono – causando fadiga durante o dia, irritabilidade e aumento dos problemas de saúde. E se o seu ronco mantém seu parceiro acordado, ele também pode criar grandes problemas de relacionamento. Felizmente, dormir em quartos separados não é o único remédio para o ronco. Existem muitas soluções eficazes que podem ajudar você e seu parceiro a dormir melhor à noite e superar os problemas de relacionamento causados ​​quando uma pessoa ronca.

Sintomas e Diagnóstico

A apneia do sono pode ser difícil de diagnosticar. Para dar uma pista, os sintomas noturnos incluem ronco persistente alto, pausas na respiração, engasgo ou tornar-se ofegante e sono inquieto. Além disso, os sintomas diurnos incluem dores de cabeça matinais, fadiga diurna, baixa concentração e irritabilidade.

Se você se deparar com vários desses sintomas, entre em contato com um médico do sono para uma consulta.

Artigo Publicado em: 25 de agosto de 2017 e Atualizado em: 27 de novembro de 2019

Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada. O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.
Otorrino SP

Otorrino em São Paulo

Tratamento para Apneia, Ronco.. faça um exame. Cuide da sua saúde.
Política de Privacidade/Cookie. Este site não hospeda ou recebe financiamento de publicidade ou exibição de conteúdo comercial. Política de Banners: Não temos publicidade e não fazemos trocas de Banner ou Display. Missão Do Site: prover Soluções cada vez mais completas de forma facilitada para a gestão da saúde e o bem-estar das pessoas, com excelência, humanidade e sustentabilidade.Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada. Os comentários são visíveis a todos. Podem ser alterados ou apagados.