/>Prognóstico e Diagnóstico do Ronco | Nucleo Otorrino SP

Horário de Atendimento:

8:00h - 20:00h

  • pt-br

Telefone:

Prognóstico e Diagnóstico do Ronco

Novidades NOSP - Acompanhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp

Diagnóstico do Ronco. Os sons ruidosos do ronco ocorrem como resultado do estreitamento ou obstrução das vias aéreas durante o sono. Quando dormimos, os músculos das vias aéreas – incluindo boca, nariz e garganta – relaxam e as passagens podem ficar menores. A respiração que se move através dessas passagens estreitas faz vibrar os tecidos moles das vias aéreas. Essa vibração cria os sons do ronco.

Neste artigo, saiba mais sobre as causas do ronco, assim como os fatores que contribuem para o seu diagnóstico.

Diagnóstico do Ronco

Pessoas que roncam com facilidade, em qualquer posição, devem procurar auxílio médico para descartar a possibilidade de a Apneia do Sono ser o problema.

Por meio de um exame completo de nariz, boca, garganta, palato e pescoço, o otorrinolaringologista realiza o diagnóstico e poderá indicar o tratamento adequado.

Os laboratórios do Sono contam com técnicos especializados e modernos equipamentos necessários ao correto diagnóstico do ronco, como a polissonografia, um exame que determina a gravidade do ronco e da apneia, e o efeito sobre a saúde do paciente. Atualmente, o estudo do sono domiciliar também pode ser realizado, por meio da tecnologia Whatch-PAT.

O que Causa o Ronco?

O ronco ocorre quando há uma obstrução à livre passagem de ar, através da parte de trás da boca e do nariz. Esta é a área colapsável das vias aéreas, aonde a língua e a parte superior da garganta encontram o palato mole (céu da boca) e a úvula (campainha). O ronco também pode ocorrer quando estas estruturas batem umas nas outras e vibram durante a respiração.

Deformidades craniofaciais com reposicionamento dos ossos da face também podem obstruir as vias aéreas durante o sono, produzindo apneias graves.

Pessoas que Roncam também Podem Sofrer de:

  • Tônus muscular reduzido na língua e garganta – Quando os músculos estão demasiadamente relaxados, por ingestão de álcool ou drogas, isto causa sonolência, a língua cai para trás e os músculos da garganta fecham lateralmente as vias aéreas, isto também acontece em sono profundo.
  • Tecido da garganta excessivamente volumoso – Isto acontece em crianças com aumento de amídalas e adenoides, além das pessoas obesas, com excesso de gordura no pescoço.
  • Cistos ou tumores cervicais – Apesar de serem raros, fazem volume e frequentemente levam ao ronco.
  • Palato mole e/ou úvula longa – Um palato mole (céu da boca) longo estreita a abertura do nariz na garganta. Quando vibra, age como uma válvula móvel e barulhenta, durante a respiração relaxada. Uma úvula (campainha) longa faz barulho muito pior.
  • Vias aéreas nasais obstruídas – Um nariz obstruído ou bloqueado requer esforço extra para puxar o ar através dele. Isto determina um vácuo exagerado na garganta, puxando os tecidos moles, resultando em ronco. Portanto, em algumas pessoas o ronco ocorre apenas durante quadro de rinite alérgica ou infecções sinusais (sinusites). Deformidades do nariz ou septo nasal também podem levar a obstrução das vias aéreas nasais.

Quando Realizar o Diagnóstico do Ronco

  • Seu parceiro reclama que você ronca regularmente?
  • Você recentemente ganhou peso ou parou de se exercitar?
  • Você tem familiares que roncam?

Se você respondeu sim a alguma dessas perguntas, você ronca ou corre o risco de roncar e precisa consultar um médico do sono. Se você também emitir sons de asfixia ou parecer ofegante enquanto ronca, precisará fazer um teste para apneia obstrutiva do sono.

Além de um histórico médico completo, o médico precisará saber há quanto tempo você ronca. Você também precisará informar o médico se você ganhou peso recentemente ou parou de se exercitar. Informe o seu médico sobre qualquer uso passado e presente de medicamentos. Se puder, pergunte ao seu parceiro, colega de quarto ou membro da família se eles já ouviram você roncar.

Um médico do sono recomendará um teste de apneia do sono em casa ou, em alguns casos, um estudo de sono em laboratório, para diagnosticar a apneia do sono.

Referência: UpToDate

Artigo Publicado em: 26 de junho de 2017 e Atualizado em: 04 de dezembro de 2019

Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada. O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.
Otorrino SP

Otorrino em São Paulo

Tratamento para Apneia, Ronco.. faça um exame. Cuide da sua saúde.
Política de Privacidade/Cookie. Este site não hospeda ou recebe financiamento de publicidade ou exibição de conteúdo comercial. Política de Banners: Não temos publicidade e não fazemos trocas de Banner ou Display. Missão Do Site: prover Soluções cada vez mais completas de forma facilitada para a gestão da saúde e o bem-estar das pessoas, com excelência, humanidade e sustentabilidade.Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada. Os comentários são visíveis a todos. Podem ser alterados ou apagados.